PatriciaXimenes.com

Inspirações de uma Estrela!

No escuro - Alinne Lanzarin

No escuroGosto daquele. Não gosto desse. Esse outro? talvez. O que faz a gente se interessar por alguém? Não é só um belo par de olhos verdes. Um cabelo macio. Um corpo sarado. A gente precisa da escuridão. EU PRECISO. Daquilo que só vemos depois de conhecer. Mergulhar. Se perder. Ninguém quer alguém puro demais. Sabe aquela pessoa boa, que não diz palavrão, que não odeia ninguém, que não te joga na parede? Ela não tem graça. O perfeito perde a graça depois de uma semana. Você já conhece tudo, já sabe de tudo, então pra que continuar? Precisamos do mistério, da dúvida, do risco. Precisamos de tudo isso mas, ao mesmo tempo queremos a certeza de que no final tudo vai dar certo e terá valido a pena. Precisamos do quarto escuro com o abajur ligado. Queremos a tempestade debaixo de um edredon bem quentinho. Sinto muito. Não dá. Não rola. Se você gosta de tempestade, um dia vai se molhar. Se você gosta de escuro, um dia a lâmpada do abajur queima e você vai ter que saber se virar sem a luz de segurança. Você nunca vai ter 365 dias de certeza. Algum dia você vai parar e se questionar se valeu a pena. Se valeu a pena tentar. Se era melhor nem ter começado. Se foi melhor ir embora. Quem diz que nunca teve dúvidas, nunca se questionou, tá mentindo. Dúvidas acontecem todos os dias, porque sempre temos mais de um caminho pra escolher. Sempre podemos ir pela esquerda ou pela direita. Usar branco ou preto. A certeza que tudo que você fez(mesmo que muitas vezes tenha sido errado) valeu acontece quando você fecha os olhos e a primeira coisa que você lembra é daquele abraço. Aquele . E se ele ainda te fizer sorrir, tenha certeza, NADA FOI EM VÃO.

(Alinne Lanzarin)

Em destaque:

Acompanhe:

Assine RSS Assine RSS
Seguir Patrícia no TwitterSeguir no Twitter

Recanto das LetrasRecanto das Letras

Receba o conteúdo!

Digite seu e-mail:

Links Favoritos

Fã Clube Elo - J.V.

Guilherme Arantes

Jorge Vercillo

Sublime Amor . Com
Divulgue-nos:

O melhor conteúdo cultural da internet