PatriciaXimenes.com

Inspirações de uma Estrela!

Ponto final - Joésio Menezes

Ponto finalO coração do poeta ficou mudo,
sua alma ficou inconsolada
Depois que a sua musa amada
Colocou um ponto final em tudo.

O poeta, mal-humorado e sisudo
Do futuro não espera mais nada
Pois sente sua vida acabada
E com ela, seus versos de veludo...

O coração do poeta - pobre coitado,
Está aflito, tristonho, desesperado,
Em pânico, em permanente agonia,

Pois, sabe que sem a musa querida
Acabou-se, além da sua vida,
A essência mais pura da poesia.

(Joésio Menezes)

Em destaque:

Acompanhe:

Assine RSS Assine RSS
Seguir Patrícia no TwitterSeguir no Twitter

Recanto das LetrasRecanto das Letras

Receba o conteúdo!

Digite seu e-mail:

Links Favoritos

Fã Clube Elo - J.V.

Guilherme Arantes

Jorge Vercillo

Sublime Amor . Com
Divulgue-nos:

O melhor conteúdo cultural da internet