PatriciaXimenes.com

Inspirações de uma Estrela!

Roxo – Adélia Prado

roxo Roxo aperta.
Roxo é travoso e estreito.
Roxo é a cordis, vexatório,
uma doidura pra amanhecer.
A paixão de Jesus é Roxa e branca,
pertinho da alegria.
Roxo é travoso, vai amadurecer.
Roxo é bonito e eu gosto.
Gosta dele o amarelo.
O céu Roxeia de manhã e de tarde,
uma rosa vermelha envelhecendo.
Cavalgo caçando o Roxo,
lembrança triste, bonita.
Campeio amor pra Roxeamar paixonada,
o Roxo por gosto e sina.

(Adélia Prado)

Em destaque:

Acompanhe:

Assine RSS Assine RSS
Seguir Patrícia no TwitterSeguir no Twitter

Recanto das LetrasRecanto das Letras

Receba o conteúdo!

Digite seu e-mail:

Links Favoritos

Fã Clube Elo - J.V.

Guilherme Arantes

Jorge Vercillo

Sublime Amor . Com
Divulgue-nos:

O melhor conteúdo cultural da internet