PatriciaXimenes.com

Inspirações de uma Estrela!

Razões de Amor - J.G. de Araújo Jorge

razões de amor Gosto de ti desesperadamente:
dos teus cabelos de tarde onde mergulho o rosto,
dos teus olhos de remanso onde me morro e descanso;
dos teus seios de ambrosias, brancos manjares trementes
com dois vermelhos morangos para as minhas alegrias;
de teu ventre - uma enseada - porto sem cais e sem mar -
branca areia à espera da onda que em vaivém vai se espraiar;
de teu quadris, instrumento de tantas curvas, convexo,
de tuas coxas que lembram as brancas asas do sexo;
- do teu corpo só de alvuras - das infinitas ternuras
de tuas mãos, que são ninhos de aconchegos e carinhos,
mãos angorás, que parecem que só de carícias tecem
esses desejos da gente...
Gosto de ti desesperadamente;
gosto de ti, toda, inteira nua, nua, bela, bela,
dos teus cabelos de tarde aos teus pés de Cinderela,
(há dois pássaros inquietos em teus pequeninos pés)
- gosto de ti, feiticeira,
tal como tu és...

(J.G. de Araújo Jorge)

Em destaque:

Acompanhe:

Assine RSS Assine RSS
Seguir Patrícia no TwitterSeguir no Twitter

Recanto das LetrasRecanto das Letras

Receba o conteúdo!

Digite seu e-mail:

Links Favoritos

Fã Clube Elo - J.V.

Guilherme Arantes

Jorge Vercillo

Sublime Amor . Com
Divulgue-nos:

O melhor conteúdo cultural da internet