PatriciaXimenes.com

Inspirações de uma Estrela!

O adeus de Romeu – Jônatas Alberto

O adeus de Romeu Senhorita, sinto muito, boa noite e adeus...
Essa despedida é para toda vida,
Este teu Romeu cansou destes desencontros,
Não quero morrer como a história prediz!
Nosso amor pode ter sido alucinante
Em meio a perigo constante e profundo abismo.
Mas na procura do sonho de amor,
Horas de paz, pequenas horas,
Enquanto havia entre nós,
Eternidades de abismos!
Senhorita Julieta, só vim dizer adeus,
Teu Romeu tem que partir...
P’ra onde? Só Deus sabe!
Meu rumo? Para onde o vento queira
Levar-me e por lá queira deixar,
Ou quem sabe para onde as águas me joguem!
Adeus Julieta, deixo contigo, apenas saudade...
Ah, ardente amor nas encantadoras noites,
Nos dias de verões e nos dias primaveris;
Ou mesmo a enfrentar o frio do inverno,
Ou entre os nossos sonhos de outono!
E aqueles nossos segredos
Dentre as rosas e as estrelas,
Onde o amor foi o visitante,
Mas, te confesso, por alguns míseros instantes!
Não fique triste assim, senhorita Julieta,
Porque o nosso sonho de amor se perdeu,
Se o nosso sonho de amor se acabou...
Sinto muito, boa noite e adeus!

(Jônatas Alberto)

Em destaque:

Acompanhe:

Assine RSS Assine RSS
Seguir Patrícia no TwitterSeguir no Twitter

Recanto das LetrasRecanto das Letras

Receba o conteúdo!

Digite seu e-mail:

Links Favoritos

Fã Clube Elo - J.V.

Guilherme Arantes

Jorge Vercillo

Sublime Amor . Com
Divulgue-nos:

O melhor conteúdo cultural da internet